Repositório Institucional UNIFRAN Dissertações Mestrado em Linguística
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/jspui/handle/123456789/1448
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorFernandes, Melissa de Figueiredo Silva-
dc.date.accessioned2021-02-03T13:16:29Z-
dc.date.available2021-02-03T13:16:29Z-
dc.date.issued2020-09-10-
dc.identifier.citationFERNANDES, Melissa de Figueiredo Silva. Análise dialógica de letras de música do grupo o Teatro Mágico. Franca, SP, 2020. 85 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade de Franca. 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/1448-
dc.description.abstractTeatro Mágico is a musical group that was created in 2003 by musician, composer and instrumentalist Fernando Anitelli. The troupe, as the group is also known, was inspired by soirees and brings together various artistic expressions, such as dance, circus, acrobatic performances, poetry and literature. It brought to the stage the experiences shared in meetings with several artists who believed in art as a way of manifesting ideas. The project, taking into account the redirection of the public's relationship with music, incorporated the idea of free music and, consequently, the creation of the acronym MPB (downloadable music). This work analyzes three song lyrics from the musical group O Teatro Mágico, which were selected due to their comparison with the totality of their work, presenting characteristics of the group in dialogue with the political and social fields of Brazil in recent decades. The main objective of this research is to find out how the lyrics of Teatro Mágico's music establish dialogical relations with the country's social, political and economic scenario, based on concepts created by the Russian philosopher Mikhail Bakhtin, since one of the characteristics of the songs is the presence of statements with a critical, ironic and reflective content. To compose the object of research, three songs were chosen, which carry the aforementioned social criticism characteristic: O mérito e o monstro, Este mundo não vale o mundo and O sol e a peneira. For this, Bakhtinian conceptual contributions were listed, such as those of discourse genre, ideology, intertextuality and interdiscursivity and enunciation, categories that are essential for the analysis of the compositions since, for Bakhtin, dialogical relations can be present in a single word, if we take into account that the word itself pervades its existing meaning in the dictionary. The lyrics were analyzed, through a qualitative analysis, making reference to the Bakhtinian theory and concepts, taking into account the historical context of the songs production. Through the analysis of the lyrics of the songs, the importance of art and culture was observed, as a way of producing statements that dialogue with issues of such complexity that are present in our social and political context. Keywords: Teatro Mágico; dialogical relations; song lyrics; Bakhtin.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade de Francapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectLinguística - Teatropt_BR
dc.subjectTeatro Mágicopt_BR
dc.subjectRelações dialógicaspt_BR
dc.subjectLetra de cançãopt_BR
dc.subjectBakhtinpt_BR
dc.titleAnálise dialógica de letras de música do grupo o Teatro Mágicopt_BR
dc.title.alternativeDialogic analysis of lyrics by the group O Teatro Magicopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.creator.ID2074721399160548pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2074721399160548pt_BR
dc.contributor.advisor1Cristóvão, Assunção Aparecida Laia-
dc.contributor.advisor1ID2794999150252727pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2794999150252727pt_BR
dc.contributor.referee1Ludovice, Camila de Araújo Beraldo-
dc.contributor.referee1ID2484816022138902pt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2484816022138902pt_BR
dc.contributor.referee2Barbosa, Luiza Bedê-
dc.contributor.referee2ID0534560415826807pt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0534560415826807pt_BR
dc.description.resumoO Teatro Mágico é um grupo musical criado em 2003 pelo músico, compositor e instrumentista Fernando Anitelli. A trupe, como também é conhecido o grupo, foi inspirada nos saraus e reúne várias expressões artísticas, como dança, circo, performances acrobáticas, poesia e literatura. Trouxe para o palco as vivências compartilhadas em encontros com diversos artistas que acreditaram na arte como forma de manifestação de ideias. O projeto, levando em consideração o redirecionamento da relação do público com a música, incorporou a ideia de música livre e, por consequência, a criação da sigla MPB (música para baixar). Este trabalho analisa três letras de canções do grupo musical O Teatro Mágico, que foram selecionadas em função de apresentarem, numa comparação com a totalidade de sua obra, características do grupo em dialogar com os campos político e social do Brasil nas últimas décadas. O objetivo central desta pesquisa é averiguar como as letras das músicas do grupo estabelecem relações dialógicas com o cenário social, político e econômico do país, a partir de conceitos criados pelo filósofo russo Mikhail Bakhtin, já que uma das características das canções é a presença de enunciados com um teor crítico, irônico e reflexivo. Para compor o objeto de pesquisa, foram eleitas três canções, que carregam a característica de crítica social mencionada: O mérito e o monstro, Este mundo não vale o mundo e O sol e a peneira. Para isso, foram elencadas contribuições conceituais bakhtinianas como as de gênero do discurso, ideologia, intertextualidade e interdiscursividade e enunciado, categorias que se mostram essenciais para a análise das composições já que, para Bakhtin, as relações dialógicas podem estar presentes em uma única palavra, se levarmos em consideração que a palavra em si perpassa seu significado existente no dicionário. As letras foram analisadas, a partir de uma análise qualitativa, fazendo referência à teoria e a conceitos bakhtinianos, levando em consideração o contexto histórico de produção das canções. Observou-se, por meio das análises das letras das músicas, a importância da arte e da cultura, como forma de produção de enunciados que dialogam com questões de tamanha complexidade que estão presentes em nosso contexto social e político. Palavras-chave: Teatro Mágico; relações dialógicas; letra de canção; Bakhtin.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentPós-Graduaçãopt_BR
dc.publisher.programPrograma de Mestrado em Linguísticapt_BR
dc.publisher.initialsUNIFRANpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICApt_BR
Aparece nas coleções:Mestrado em Linguística

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Melissa Figueiredo Fernandes.pdf1.18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.