Repositório Institucional UNIFRAN Dissertações Mestrado em Promoção de Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/594
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação clínico-comportamental e histopatológica do encéfalo de gerbils submetidos à isquemia cerebral experimental induzida por oclusão permanente da artéria carótida
Título(s) alternativo(s): Clinical-behavioral and histopathological evaluation of the brain of gerbils submitted to experimental cerebral ischemia induced by permanent occlusion of the carotid artery
Autor(es): Oliveira, Ana Paula Rocha de
Primeiro Orientador: Castro, Márcio Botelho de
Resumo: O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é causado pela interrupção do fluxo sanguíneo em um determinado vaso, o que resulta em déficits neurológicos incapacitantes ou mesmo a morte. A alta incidência e o alto custo fazem da redução do AVC uma prioridade e salienta a necessidade de métodos mais exatos para identificar nos pacientes os prognósticos e as formas terapêuticas adequadas para a reabilitação. Para esse fim, diversos estudos experimentais têm sido realizados. A utilização do modelo de isquemia cerebral em Gerbils para o estudo das alterações clínicas, morfológicas e funcionais ocorre pelo fato da ausência de comunicação carotídeo-basilar proporcionar a esta espécie uma vantagem sobre as demais. no entanto, as áreas cerebrais lesadas ainda não foram correlacionadas com essas alterações. O presente estudo teve como objetivo correlacionar os sinais clínicos e comportamentais apresentados com as alterações morfológicas cerebrais de Gerbils submetidos à isquemia experimental através da oclusão da artéria carótida esquerda. Foram avaliados 18 roedores Gerbils, sendo que 6 foram utilizados como controle, 6 falsos-operados (sham) e 6 foram submetidos à isquemia cerebral permanente da artéria carótida esquerda. As manifestações clínicas foram observadas e comparadas com protocolos da literatura. As alterações do comportamento motor foram verificadas através da frequência de cruzamentos e levantamentos, observados em uma arena circular de acrílico drante quatrro dias e pela análise dos sítios de lesão no encéfalo. Os dados comportamentais foram submetidos a uma análise estatística de uma via ANOVA (significância estatística p<0,05). Observaram-se, inicialmente, sinais clínicos de lesão, como ptose palpebral, flexão da pata dianteira, resistência diminuída ao serem empurrados e movimentados cíclicos. Para o comportamento motor, observou-se uma diminuição estatisticamente significativa nas frequências de cruzamento (1°, 3° e 4° dias) e levantamento (1°, 2°, 3° e 4° dias) nos animais isquemiados quando comparados com o grupo controle. A avaliação morfológica evidenciou lesões graves, com extensas áreas comprometidas por infarto cerebral, como o hipocampo e córtex cerebral. As áreas de infarto estavam empalidecidas, apresentando malácia, presença de macrófagos, edema e alterações necróticas em neurônios e células gliais. Como conclusão, ficou evidenciada que alterações comportamentais motoras consequentes à isquemia foram compatíveis com a área de lesão na avaliação morfológica. O presente estudo procurou contribuir, através de um estudo sistematizado das correlações motoras e regiões susceptíveis a lesão, para uma melhor proposta de reabilitação.
Abstract: Stroke is caused by the interruption of blood flow in a given vessel, which results in disabling neurological deficits or even death. The high incidence and high cost make stroke reduction a priority and stresses the need for more accurate methods to identify prognoses and appropriate therapeutic forms for rehabilitation in patients. To that end, several experimental studies have been carried out. The use of the Gerbils cerebral ischemia model for the study of clinical, morphological and functional changes occurs due to the fact that the absence of carotid-basilar communication provides this species with an advantage over the others. however, the damaged brain areas have not yet been correlated with these changes. The present study aimed to correlate the clinical and behavioral signs presented with Gerbils' brain morphological changes submitted to experimental ischemia through occlusion of the left carotid artery. Eighteen Gerbils rodents were evaluated, of which 6 were used as controls, 6 false-operated (sham) and 6 underwent permanent cerebral ischemia of the left carotid artery. Clinical manifestations were observed and compared with literature protocols. Changes in motor behavior were verified through the frequency of crossings and surveys, observed in a circular acrylic arena for four days and by analyzing the injury sites in the brain. Behavioral data were subjected to a one-way ANOVA statistical analysis (statistical significance p <0.05). Initially, clinical signs of injury were observed, such as eyelid ptosis, flexion of the forelimb, decreased resistance when pushed and cyclically moved. For motor behavior, there was a statistically significant decrease in the frequencies of crossing (1 °, 3 ° and 4 ° days) and lifting (1 °, 2 °, 3 ° and 4 ° days) in ischemic animals when compared with the group control. The morphological evaluation showed serious injuries, with extensive areas affected by cerebral infarction, such as the hippocampus and cerebral cortex. The areas of infarction were pale, presenting malacia, the presence of macrophages, edema and necrotic changes in neurons and glial cells. As a conclusion, it became evident that motor behavioral changes resulting from ischemia were compatible with the area of ​​injury in the morphological evaluation. This study sought to contribute, through a systematic study of motor correlations and regions susceptible to injury, to a better rehabilitation proposal.
Palavras-chave: Lesão cerebral
Isquemia experimental
Comportamento motor
Alterações morfológicas
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade de Franca
Sigla da Instituição: UNIFRAN
metadata.dc.publisher.department: Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Mestrado em Promoção de Saúde
Citação: OLIVEIRA, Ana Paula Rocha de. Avaliação clínico-comportamental e histopatológica do encéfalo de gerbils submetidos à isquemia cerebral experimental induzida por oclusão permanente da artéria carótida. Franca, 2005. 91 f. Dissertação (Mestrado em Promoção de Saúde) - Universidade de Franca. 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/594
Data do documento: 2005
Aparece nas coleções:Mestrado em Promoção de Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ana Paula Rocha de Oliveira.pdf1.2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.