Repositório Institucional UNIFRAN Dissertações Mestrado em Promoção de Saúde
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/528
Tipo: Dissertação
Título: Desenvolvimento de um modelo experimental clássico para o estudo da fisiopatologia da PAIR
Título(s) alternativo(s): Development of a classic experimental model for the study of the pathophysiology of PAIR
Autor(es): Mioto, Cristiane Sampaio
Primeiro Orientador: Aquino, Antonio Maria Claret Marra de
Resumo: A Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR), apesar de pouco compreendida nos seus aspectos fisiopatológicos, pode ser considerada na atualidade como uma das causas mais fequentes da perda auditiva em humanos adultos, entretanto, ainda não temos um modelo experimental estabelecido para esta doença. Para diversos autores, a suscetibilidade para a PAIR, caracteriza uma marcante variação inter e intra-individual. A variabilidade da PAIR tem sido relatada como sendo decorrente de inúmeros fatores como: variações individuais da orelha para a transmissão do som, propriedades estruturais, suprimento nutricional e sanguineo, stress, idade, efeito de drogas na cóclea e pigmentação melânica. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento da surdez experimental em cobaias (Chinchilas) com audição normal expostas a ruído intenso e compará-los a um grupo controle. Serão avaliadas 20 orelhas de dez cobaias do exame de Emissão Otoacústica (EOA) por produto de distorção (EOAPD) por representar uma resposta mais específica da cóclea a cada frequencia. Estas cobaias foram selecionadas criteriosamente, avaliadas inicialmente através do reflexo de Preyer e EOAPD sob anestesia geral e, se normais, depois de sete dias estimuladas em 1095 dBA com ruído branco ininterruptamente por 2 horas, para segunda e imediata avaliação através da EOAPD; a seguir uma terceira avaliação foi feita uma semana após. Os resultados foram comparados àqueles encontrados no grupo controle, composto de 20 orelhas de dez cobaias, submetidas ao mesmo procedimento com exceção à exposição ao ruído. Após o experimento em cobaias, concluímos que o mesmo foi bem sucedido em provocar uma surdez típica de PAIR, semelhante à encontrada em humanos, e que este método é de fácil aplicação e com grande potencial para futuros experimentos que poderão no futuro trazer respostas a inúmeras perguntas abertas sobre esta importante entidade nosológica, que continua crescendo aceleradamente em nosso meio, apesar de incansáveis e laboriosos esforços preventivos.
Abstract: Noise-Induced Hearing Loss (PAIR), although poorly understood in its pathophysiological aspects, can currently be considered as one of the most common causes of hearing loss in adult humans, however, we do not yet have an established experimental model for this disease. For several authors, the susceptibility to PAIR characterizes a marked inter and intra-individual variation. The variability of PAIR has been reported to be due to numerous factors such as: individual variations of the ear for the transmission of sound, structural properties, nutritional and blood supply, stress, age, effect of drugs on the cochlea and melanic pigmentation. Therefore, the objective of this work was to evaluate the development of experimental deafness in guinea pigs (Chinchillas) with normal hearing exposed to intense noise and to compare them to a control group. 20 ears of ten guinea pigs from the Otoacoustic Emission test (EOA) per distortion product (EOAPD) will be evaluated for representing a more specific cochlear response at each frequency. These guinea pigs were carefully selected, initially evaluated through the Preyer reflex and EOAPD under general anesthesia and, if normal, after seven days stimulated in 1095 dBA with white noise continuously for 2 hours, for a second and immediate evaluation through the EOAPD; then a third assessment was made one week later. The results were compared to those found in the control group, composed of 20 ears of ten guinea pigs, submitted to the same procedure with the exception of noise exposure. After the experiment in guinea pigs, we concluded that it was successful in causing a typical PAIR deafness, similar to that found in humans, and that this method is easy to apply and with great potential for future experiments that may in the future bring answers to countless open questions about this important nosological entity, which continues to grow rapidly in our country, despite tireless and laborious preventive efforts.
Palavras-chave: Fonoaudiologia - Perda auditiva induzida por ruido (PAIR)
Pair (fisiopatologia) - Modelo experimental - Estudo
Emissão otoacústica por produto de distorção (EOAPD)
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade de Franca
Sigla da Instituição: UNIFRAN
metadata.dc.publisher.department: Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Mestrado em Promoção de Saúde
Citação: MIOTO, Cristiane Sampaio. Desenvolvimento de um modelo experimental clássico para o estudo da fisiopatologia da PAIR. Franca, SP, 2005. 79 f. Dissertação (Mestrado em Promoção de Saúde) - Universidade de Franca. 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/528
Data do documento: 2005
Aparece nas coleções:Mestrado em Promoção de Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Cristiane Sampaio Mioto.pdf704.21 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.