Repositório Institucional UP Campus sede – Ecoville Dissertação Programa de Pós-Graduação em Gestão Ambiental
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/2438
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação do manejo de resíduos da área da saúde de origem domiciliar de pacientes diabéticos
Autor(es): Casillo, Angela de Barros Correia
Primeiro Orientador: Janissek, Paulo Roberto
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Michaliszyn, Mario S.
Resumo: Resíduos da área da saúde representam grande risco de danos à população e ao meio ambiente, em função da sua diversidade, quantidade e periculosidade. Os pacientes diabéticos geram vários tipos de resíduos, entre eles os perfurocortantes e potencialmente contaminados, representados por seringas, agulhas, lancetas, fitas de glicemia capilar, frascos e canetas de insulina. Uma questão relevante é o manejo inadequado desses resíduos no âmbito domiciliar, que pode ocorrer principalmente pela falta de orientação e conscientização da população. O estudo teve como objetivo geral avaliar o manejo dos resíduos da área da saúde de origem doméstica dos pacientes diabéticos, e promover ações para reduzir possíveis problemas encontrados. Foi realizada uma pesquisa para identificar as práticas de manejo dos resíduos domésticos dos pacientes diabéticos tipo 1 que recebem análogos de insulina e os respectivos insumos da Secretaria de Saúde do Paraná. Como estudo de caso, foram selecionados aleatoriamente 308 pacientes que responderam a um questionário para avaliar as práticas de descarte e orientação recebida. Para avaliar a abrangência e relevância do tema, foram utilizados o número total de pacientes, a caracterização e quantificação dos diversos materiais fornecidos para o tratamento dos pacientes e as informações dos fabricantes sobre a composição dos materiais. A análise estatística demonstrou que predomina o descarte inadequado de todos os tipos de resíduos. A maior porcentagem, 68%, foi reportada para o descarte das fitas de glicemia capilar usadas. Já as agulhas e lancetas, recebem mais atenção, porém ainda 55% dos usuários descartam inadequadamente. Os que descartam de forma correta, reportam acondicionar os resíduos preferencialmente em garrafa PET. Em relação à orientação, 46% dos pacientes referem ter recebido alguma informação sobre o descarte correto, principalmente das US. É interessante ressaltar a correlação encontrada entre a orientação e o descarte de forma correta. Com base na realidade identificada e no referencial teórico, foi elaborada uma campanha educativa para conscientização e orientação dos pacientes sobre o manejo correto desses resíduos. Conclui-se que há a necessidade de desenvolver mais ações, de forma sistemática, para minimizar os impactos que este tipo de resíduo causa na saúde pública e o meio ambiente. Essas ações devem ser acompanhadas de mudanças na legislação e procedimentos e ações específicas de todos os envolvidos, incluindo pacientes, fabricantes e os setores público e privado.
Abstract: Healthcare waste must be managed properly in order to protect people and the environment. Diabetic patients generate several waste in their households, some can be sharps and contaminated, represented by syringes, needles, lancets, blood glucose strips, vials and insulin pens. The improper management of these wastes can occur mainly due to lack of guidance and public awareness on the part of health services, manufacturers and government. The study aimed to evaluate the disposal of waste from households of diabetic patients and promote actions to reduce potential problems encountered. A survey was conducted to identify and describe the management of household waste from type 1 diabetic patients receiving insulin analogs and their inputs from the Health Secretariat of the State of Paraná. A questionnaire to evaluate the disposal practices and level of orientation received was administered to 308 patients randomly selected. To contribute to the lifting of the magnitude of the problem was also characterized the number of patients who participate in the program and the discrimination and quantification of the materials used, collected from the manufacturers information about the composition of materials, weighing the various components distributed by the pharmacy to patients and analysis to identify the type of polymer of insulin pens and supporting the needles by infrared spectroscopy. The results showed that the sample shows balance in terms of gender and age range 3-84 years. Statistical analysis showed that 63.6% of the vials and insulin pens, 54.5% of needles and lancets, and 68.2% of blood glucose strips were improperly discarded. Most patients reports packaged the waste in PET bottle and 45.8% of patients reported having received guidance on proper disposal. Based on the scenario observed, an educational campaign was subsequently developed to raise awareness and guidance of patients for the proper handling of such waste. The study confirms the inadequate management of medical waste used for treatment of diabetes at home and the impacts that this practice causes to public health and the environment. It is pointed out the need for regular educational campaigns to users and the necessity to adopt consistent alternatives to minimize the problem such as the enforcement of laws, and specific actions by the manufacturers and health services.
Palavras-chave: Resíduos de serviços de saúde
Diabéticos
Meio ambiente
Saúde pública - Aspectos ambientais
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Positivo
Sigla da Instituição: UP
metadata.dc.publisher.department: Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Gestão Ambiental
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/2438
Data do documento: 2013
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Gestão Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Angela Casillo.pdfDissertação1.82 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.