Repositório Institucional UP Campus sede – Ecoville Dissertação Programa de Pós-Graduação em Gestão Ambiental
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/2334
Tipo: Dissertação
Título: Pesquisa de resíduos dos herbicidas 2,4-D, atrazina e glifosato em grãos de milho e soja cultivados no estado do Paraná
Autor(es): Suare, Fabrício Monteiro
Primeiro Orientador: Traghetta, Dinis Gomes
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Janissek, Paulo Roberto
Resumo: Este trabalho teve como principal objetivo, a quantificação de resíduos dos herbicidas atrazina, glifosato e 2,4-D, em grãos de soja e de milho de agricultura convencional, cultivados no Estado do Paraná. Foi feito um levantamento da produção agrícola no Estado, da comercialização de agrotóxicos bem como os principais herbicidas utilizados nas culturas de soja e de milho. Os municípios escolhidos para a pesquisa de resíduos foram: Campo Mourão, Londrina, Ponta Grossa e Toledo. As análises de resíduos das matrizes de soja e de milho foram feitas no LAPE – Laboratório de Pesticidas do Instituto de Tecnologia do Paraná – Tecpar, com sede em Curitiba, Paraná. Para a análise do 2,4-D e do glifosato foi utilizado o Analytical Methods for Pesticide in Foodstuffs, 6 ed., e para a atrazina foi utilizado o Method for Fatty Foods. A análise dos três herbicidas foi realizada por meio da técnica de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência acoplada a Espectrômetria de Massa, utilizando-se um Cromatógrafo Agilent 1.4.1. e o Espectrômetro de Massa da marca API 4000. Os limites de quantificação para o 2,4-D, atrazina e glifosato foram, respectivamente, 0,01, 0,03 e 0,05 mg/kg. Para nenhum dos herbicidas pesquisados foram detectados níveis residuais dentro do limite mínimo de quantificação das técnicas, com exceção das amostras de soja do município de Toledo, embora o nível residual tenha ficado muito abaixo do Limite Máximo de Resíduo (LMR) estabelecido pela Anvisa que é de 10 mg/kg. Levando em consideração a metodologia empregada nesta pesquisa, que consistiu na sobreposição de fatores concorrentes para uma possível contaminação dos grãos de soja e de milho (grãos de produção convencional, municípios líderes no uso de herbicidas) e em função dos resultados, pode-se supor que os grãos de soja e de milho produzidos no Paraná estão abaixo do LMR e, portanto, abaixo do limite de quantificação do método.
Abstract: This work had as main objective, the quantification of residues of the herbicides atrazina, glifosato and 2,4-D in soybean and corn grains of conventional agriculture, coming of areas of great importance in the commercialization of these herbicides and in the production of these grains in the State of Paraná. It tried to establish a relationship among the level of contamination of the grains with the volume of grains produced in certain areas of the state of Paraná and with the amount of herbicides commercialized in specific counties, belonging the these areas. It was made the comparison of the values of residues found with the levels of residues allowed by the legislation. The chosen counties for the research of residues in this work were: Campo Mourão, Londrina, Ponta Grossa e Toledo. The analyses of residues in matrices of soybean and corn they were done in the LAPE – Laboratório de Pesticidas do Instituto de Tecnologia do Paraná – Tecpar, in Curitiba, Paraná. The analysis of the three herbicides was carried out using the techniques of Liquid Chromatography of High Efficiency coupled with Mass Spectrometry. None residual levels for the investigated herbicides were detected above the minimum limit of detection of the techniques, with exception for the samples of soybean county from Toledo, although the residual level has been a lot below established LMR for Anvisa. Taking into account the methodology used in this research, that consisted of the overlapping of competitive factors for a possible contamination of the soybean and corn grains (conventional production of soybean and corn cultures, counties leaders in the use of herbicides) and based on the resulting chromatograms, we can suppose that the soybean and corn grains produced in Paraná, they are free of residues of the herbicides investigated in this work. Besides the mentioned factors, we believed that the relative numbers to the productivity of grains and the use of herbicides should not have a significant alteration in the areas producing of these grains, once the competitiveness among the producers, takes them to choose for the conventional production of soybean and corn grains and to use pesticides in the control of the weeds.
Palavras-chave: Milho - Resíduos herbicidas
Soja - Resíduos herbicidas
Alimentos - Contaminação
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Positivo
Sigla da Instituição: UP
metadata.dc.publisher.department: Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Gestão Ambiental
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/2334
Data do documento: 2007
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Gestão Ambiental

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fabricio Monteiro Suare.pdfDissertação1.58 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.