Repositório Institucional UNICID Campus Tatuapé Dissertações Mestrado Profissional em Odontologia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/1250
Tipo: Dissertação
Título: Análise da influência do tempo de amamentação natural no desenvolvimento de hábitos bucais de sucção não nutritivos, na dentadura decídua
Autor(es): Guimarães Júnior, Carlos Henrique
Primeiro Orientador: Scavone Junior, Helio
Resumo: O objetivo deste estudo epidemiológico transversal foi analisar a influência do tempo de amamentação natural no desenvolvimento de hábitos bucais de sucção não nutritivos (chupeta e dedos), na fase da dentadura decídua. Foram avaliadas 551 crianças brasileiras, sendo 256 do gênero masculino e 295 do feminino, na faixa etária dos três aos seis anos de idade, pertencentes à uma escola pública da zona leste da cidade de São Paulo. A amostra foi dividida em cinco Grupos: Grupo I, que abrangeu as crianças que nunca receberam amamentação natural; Grupo II, englobou as crianças que foram amamentadas até os três meses; Grupo III, amamentação entre três e seis meses; Grupo IV, amamentação durante seis a nove meses; e o Grupo V, amamentação durante nove meses ou mais. Os resultados foram analisados estatisticamente mediante o teste do qui-quadrado (2). A prevalência dos hábitos de sucção, particularmente de chupeta, permaneceu alta e constante nos Grupos I, II, III e IV, tendo sido reduzida substancialmente apenas no Grupo V. Neste estudo, o número de crianças com hábito de sucção digital foi pequeno, e assim, em muitos casos não foram obtidos resultados significativos. As diferenças das prevalências dos hábitos, conforme o gênero, também não foram significativas estatisticamente.
Abstract: The purpose of this cross-sectional study was to analyze the influence of the duration of the natural breastfeeding in the development of the nonnutritive sucking habits (pacifier and digit sucking), in the deciduous dentition. The sample comprised 551 Brazilian children, 256 males and 295 females, from 3 to 6 years of age, students of the public school located at the east zone of the city of São Paulo, the subjects were grouped according to the duration of breastfeeding, Group I, comprised children who never had breastfeeding, Group II, was breastfed until 3 months; Group III, breastfeeding between 3 to 6 months; Group IV, breastfeeding during 6 to 9 months; and Group V, breastfeeding during 9 months or more. The results was analyzed from the chi-square (2) statistical test. The prevalence of the sucking habits, particularly pacifier, was high and constant in the groups I, II, III and IV, and substantially reduced only in the Group V. In this study, the number of the children with digit sucking was little, showed no significant association by chi-square statistic. The differences in the prevalence of the sucking habit, between the gender, was not statistically significant.
Palavras-chave: Dentição primária
Comportamento de sucção
Aleitamento materno – Hábitos
Cuidado do lactente. I
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::ORTODONTIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Cidade de São Paulo
Sigla da Instituição: UNICID
metadata.dc.publisher.department: Pós-Graduação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação Mestrado em Ortodontia
Citação: Guimarães Júnior, Carlos Henrique, Análise da influência do tempo de amamentação natural no desenvolvimento de hábitos bucais de sucção não nutritivos, na dentadura decídua Orientador: Prof. Dr Helio Scavone Junior 2004 89 P. Dissertação (Mestrado em Ortodontia) - Universidade Cidade de São Paulo. 2004.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.cruzeirodosul.edu.br/handle/123456789/1250
Data do documento: 13-Dez-2004
Aparece nas coleções:Mestrado Profissional em Odontologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Carlos Henrique Guimaraes Junior.pdfDissertação499.4 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.